sexta-feira, 15 de abril de 2011

Sobre a eficácia de Rituais Mágickos

Pergunto à você, qual a verdadeira chave da magia no seu entendimento? Vamos refletir e quem sabe você encontrará nessas reflexões a chave que procura.

Manter o foco da Vontade direcionado num único ponto, ou seja, é como se naquele instante, naquele Momento Mágicko o Universo deixasse de existir, só existe você, o Rito e o objeto do desejo.

Pessoas fazem rituais complicados e não obtem resultado algum, mas isso, quando acontece se dá pelo fato dessas pessoas não saberem realmente o que estão fazendo, ou se sabem não vivenciam o ato mágicko com a devida intensidade. Assim o ritual tem conteúdo que enche os olhos, mas energeticamente é vazio.

Agora, cuidado com um ponto, se você um fizer o ritual, termine-o solenemente. Não é pelo fato de você não ver, que o rito não aconteceu. E deixar um portal aberto pode ser algo bastante indesejável, creia-me.

Tem um outro ponto importante, se você não treinar ou adestrar sua mente, através dos exercícios propostos, por exemplo, nos nossos Cursos Básico e Intermediário, você terá enorme dificuldade de captação de outros planos. Um Ritual não se dá unicamente no plano físico, ele se dá em diversos subplanos em conformidade com o tipo de ritual que estará executando.

E por último, demônios não gostam das pessoas, eles se obrigam ao trabalho mágicko por quem tenha autoridade espiritual para tal. Isto é uma conquista do magista, até lá, as tentativas de comunicação com o astral podem ser difíceis ou inúteis. Jamais evoque um demônio por mera frivolidade, não execute técnicas que não ainda não domina integralmente.

Como diz um ditado: Se você chamar o astral, ele responderá, quer por bem ou por mal. Que minhas palavras sejam úteis em seu caminho.

Luz e Sabedoria!