sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Energias - perguntas e respostas aos nossos estudantes


Estudante: Frater, no curso básico de magia, módulo 2, encontramos as energias que permeiam toda a criação: Os cinco elementos, A Fohat, Kundalini e o Prana. Quando estive em Tambaú você me falou que é possível doar o elemento akasha aos elementais fortalecendo esses seres e ajudando em sua evolução?


FM:  Eu não disse que é possível doar elemento akasha, eu disse que os elementais perseguem o entendimento ou a compreensão da quintessência, já que eles reinam de forma absoluta, cada qual em seu elemento de origem.

Estudante: De que forma isso é feito? Simplesmente pela vontade? Por algum ritual?

FM: Isso é feito pelo próprio trabalho mágicko do magista sério e conhecedor dos mistérios. Não existe trabalho mágicko possível sem a ação harmoniosa dos elementais. Sem estar o mago em perfeito equilíbrio com os elementos. 

Estudante:  O Homem é um ser completo... Os Demônios também são?

FM: Eu não diria que o homem é um ser completo, eu diria que ele é um ser complexo, sendo ele parte do Todo em essência. Os demônios não podem estabelecer graus de comparação ao homem, porque como eles atuam e vivem na 4ª dimensão ou plano astral, sua visão do universo, portanto, é quadrimensional, enquanto a do homem é apenas tridimensional. Eles estão à parte do nosso plano evolutivo porém, atuam na esfera tridimensional através das estruturas anímicas do ser humano. Contudo, não estão à parte do Todo e obviamente tem suas funções a eles atribuídas no contexto universal. Porém, como inteligências extrafísicas eles não pensam ou raciocinam como um ser humano. 

Estudante: É possível fortalecer um ser dessa classe da mesma maneira que podemos fortalecer um elemental?

FM: Antes é preciso esclarecermos o que seria esse "fortalecer". Você não fortalece um elemental em poder, ele é senhor absoluto do seu reino, e compreender a quintessência, a proximidade com o ser humano, podem lhe dar um entendimento e a vontade de servir ao mago pode lhe gerar resquícios dessa humanidade que ele procura. Isso poderia diferenciá-lo dentre um número infinito de seres que habitam seu elemento. Poderia até mesmo aproximá-lo da mônada interferindo em seu processo evolutivo, gerando características humanas nesse ser, que pode inclusive ser ajudado pelo mago, no campo astral, quando este tiver feito a transição. Já os demônios não estão na verdade em busca dessa nossa essência, e a bem da verdade, muitos até mesmo a desprezam. Eles já têm seus atributos e afazeres sem ter que se preocupar com a satisfação dos desejos mundanos. Entretanto, o mago, quando possui autoridade espiritual podem obrigá-los ao trabalho mágicko e ao final, esses poderão ser beneficiados com um suprimento de energia que eles assimilam do mago. Na verdade, falando de universo, tudo é uma troca, e como eu costumo dizer, só a fome no universo. O mago sabe muito bem, que em qualquer trabalho mágicko que realizar, ele estará doando parte de sua energia vital, ou bioenergia. E aí estará o perigo para os despreparados que podem muito bem atrair larvas astrais para se banquetearem com energias que estarão ali livremente oferecidas pelo pretenso magista. 

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Agares - Mera coincidência?


O segundo espírito da Goetia é um duque chamado Agreas, Agaros, ou Agares. Está sob a potência do leste e aparece na forma de um homem velho e pálido montando  um crocodilo e trazendo um falcão atado ao punho, no entanto revela-se suave na aparência. 
Tem o poder de percorrer rapidamente grandes distancias e retornar quando requisitado. Ensina todas as línguas ou dialetos presentemente.  Destrói dignidades temporais e espirituais. Também é conhecido como senhor dos terremotos por possuir o poder de causar  tremores sísmicos. 
Diz que pertencia à ordem das Virtudes e comanda 31 legiões de espíritos. 

Período: 31/03-09/04
Astros: Marte
Metal: Cobre
Elemento: Terra
Cor: Vermelho
Hierarquia: Duque
Incenso: Mirra
Direção: Oeste

*Pesquisamos a influência deste espírito sobre a humanidade e descobrimos que dia 31/03 é uma data crítica que ocorre grandes abalos sísmicos em todas as partes do mundo.

Será mera coincidência?

Este fragmento de texto foi retirado do curso presencial de Goetia da E.I.E. Caminhos da Tradição.