terça-feira, 7 de junho de 2011

Planos Mentais

Nova Iorque, ano 1918, Aleister Crowley que trabalhou de espião para o serviço de inteligência britânica (MI5), conduziu uma série de rituais mágickos chamados de Trabalhos de Amalantrah, cujos rituais eram destinados a abrir um portal psíquico telepático com outras dimensões e com outras partes do Cosmos. O que Crowley queria fazer era contatar psíquica e telepaticamente as inteligências de seres alienígienas e um desses seres alienígenas estabeleceu contato e Crowley lhe deu o nome de LAM.

Na Tradição Tibetana que também estudamos na E.I.E., LAM é um caminho e Lama é alguém que segue esse caminho. É o caminhante, o iluminado. Crowley se referiu a esse nome, como o nome da raça a que pertencia o alienígena. Crowley fez um esboço desse ser como se tivesse sido projetado pelo seu olho espiritual ou terceiro olho.


O fascinante é que o esboço que Crowley fez lembrar muito relatos de contatos de pessoas com tais tipos de seres que foram mais tarde chamados de greys.
Recentemente alguns cientistas fizeram alguns projetos de pesquisa, e neste projeto relataram milhares de pessoas que afirmavam ter tido contato com Aliens. A ciência convencional já aceita a possibilidade de que o universo está repleto de vida e possivelmente, vida inteligente. Entretanto, esses planetas parecem estar tão longe que seria improvável a visita desses seres fisicamente falando em virtude das enormes distâncias interespaciais entre um planeta e outro. Mas, isso não exclui a possibilidade de contato telepático ou alguma forma de viagem interdimensional, supondo ainda que esses seres ocupem uma dimensão diversa da nossa, não seriam supostamente visíveis ao olho nu, a exceção de quem tivesse aptidões mediúnicas para captar planos extrafísicos, tal como, fazemos com seres oriundos de outros planos dimensionais ou o chamado plano astral que contatam conosco através de nossa ritualística, meditações, viagens astrais, etc.

Os poderes psíquicos e o mundo astral são componentes de diversos escritos antigos especialmente na Suméria, Índia, Egito e demais civilizações ameríndias. Então se é possível contatarmos com seres do astral terrestre, porque não contatarmos telepaticamente ou psiquicamente com diversos seres de outros planetas. Esta idéia de contatar com seres planetários constituem um dos mais altos segredos dos mais famosos cultos mágickos de algumas sociedades secretas.


Por exemplo, Madame Blavatsky se refere a esses seres como "os mestres secretos", dizia que alguns desses seres habitavam o astral de outros planetas. Sim, algumas sociedades afirma que os referidos "mestres ocultos" habitam e dirigem determinados planos extrafísicos ligados até mesmo ao nosso sistema planetário, o sistema solar. O fato de não visualizarmos vida física nos planetas do sistema solar, não significa que não tenha vida extrafísica, espiritual ou astral. Alguns desses seres seriam então mestres secretos dessas ordens.No Ocultismo aprendemos que há 7 principais planetas e esses planetas estão correlacionados a 7 planos astrais.

O primeiro plano é o plano que conhecemos, o plano material ou físico.O segundo plano é chamado Plano das Força, onde contém as forças da natureza, tais como, eletricidade, energia cinética, energia eletromagnética, gravidade, e as forças atômicas que os judeus descobriram quando dividiram o átomo. O terceiro plano, é o plano dos espíritos ou plano astral,a palavra astral é derivada do grego, e significa ser relativa as estrelas ou planetas. O quarto plano é conhecido como Plano mental, e acima desses quatro planos há outros três planos cuja compreensão é de difícil entendimento para nós, pois tratam-se de planos dos véus negativos de existência, onde estaria o Nirvana ou o Paraíso Bíblico. Esses planos na verdade emanam sobre o planeta terra, e vibram em diferentes frequências vibratórias.