domingo, 18 de novembro de 2012

Quem é Quem no Céu, na Terra e no Inferno.


Por J. R. R. Abrahão 
(Escritor, Advogado e Jornalista)


Quem é Quem no Céu, na Terra e no Inferno...!!!

Deus amorfo, incorpóreo, incompreensível, nem sabe de nós...
É muito além de nossa compreensão e portanto inatingível para nossa percepção encarnada e embutida.
Ele se manifesta como Adonai, o mais Alto que nós podemos e jamais poderemos alcançar e compreender.
Há um "Deus-Menor", o Demiurgo, conhecido por diversos nomes em diversas culturas e religiões, que energéticamente se situa na Esfera de Saturno e de lá emana seus influxos e que é o "Deus-Criador", o Deus que criou o Mundo Manifesto em seus infinitos e infinitesimais detalhes.
As pessoas comuns, os não-Iniciados, rezam, oram, imploram para Ele e pouco, ou nada alcançam, quando mesmo não obtém o exatamente oposto do desejado!
É que o Demiurgo é o que se poderia chamar de um "Deus-Néscio", e a forma de peticionar a ele é sui-generi... "Oh, querido Deus, seria tão bom que eu alcançasse isso..." ou "Eu ficaria tão feliz, amado e adorado Deus, se obtivesse aquilo..." ou mesmo "Meu muito amado Deus, seria tão legal se tal coisa acontecesse..." - isso mesmo, sutis sugestões, nada de choradeira, gritos, murmúrios, coisas que Ele no mínimo não entende e no máximo O irritam!
Deus - há de se conhecê-lO!
Por isso que se diz na própria Bíblia Sagrada: Deus é Uno e é Trino...!
Satanás é a Entidade que se "cria", se manifesta quando a oitava inferior do Demiurgo (Saturno) se "funde" (entra em processo de "acasalamento mágico-energético") - o masculino Satan e a feminina Satana. Esses dois regem o Mal, os maus, os atos maus; sua "criação" Satanás é quem "gera" as guerras e causa o "mal coletivo" (genocídios, catástrofes causadas pelo homem acidental ou propositalmente, de forma culposa ou dolosa).
No início do Século XX, a Astrologia costumava incluir em seus estudos dois foyers ou os assim-chamados "corpos-vazios": Lilith, a "Lua Negra" e seu consorte o "Sol Negro" - chamado originariamente de Satan!
Depois os astrólogos ocultaram sua denominação original, mas não sua malignidade...
Esse "Sol Negro", que no início do Ano Astrológico do Século XX (o primeiro dia de entrada do astro Sol no Signo de Áries, o início do verão) se situava a 12º do Signo de Câncer, "caminha" na Esfera Zodiacal 1º (um grau) por Século.
Enquanto a "Lua Negra" rege o lado sombra do comportamento individual humano, inclusive no que tange à sexualidade, desvios, "taras", etc., o "Sol Negro" mistura e confunde o comportamento dos indivíduos aos da coletividade em momentos de catástrofes coletivas, especialmente as causadas pelo próprio homem e particularmente as Guerras, Revoluções e similares.
Há quem faça Pactos com Ele (Satanás) e obtenha o que quer - com Satan e com Satana ídem, conjuntamente ou isoladamente. É claro que "é dando que se recebe" e tanto nos Pactos celebrados com Entidades Negativas (como neste caso) ou com Entidades Positivas (e isso é um fato real, embora pouco conhecido, que se possa pactuar com Entidades Positivas), quando se deseja obter algo, dever-se-á prometer em troca algo que a Entidade vê no interior transparente do interessado pactuante como estando dentro de suas possibilidades e disponibilidades de cumprir e, só assim, essa dará o que esse lhe pede; e se der o que lhe foi pedido, o compromisso estará selado e ao fim do período de vigência do Pacto (geralmente com o fim da vida terrena do pactuante) esse irá (sua Alma imortal será encaminhada voluntariamente ou sugada a força) para a Esfera de Poder da Entidade com quem celebrou seu Pacto e, junto daquele que o serviu em vida, será agora seu servidor, pelo tempo que só os Senhores do Destino, os Regentes do Karma, que igualmente residem na Esfera de Saturno, sabem contabilizar - e farão o pactuante, agora em outra realidade da existência, cumprir até que o último grão de areia devido termine de cair na ampulheta que mantém os registros de sua conta! Afinal, nada é de graça neste Planeta - nem em nenhum outro lugar do Universo!
No caso de passar muito tempo na Esfera da Entidade "protetora", o pactuante, sua Alma, perderá as qualidades peculiares e únicas da Alma humana (que a fazem igual à Divina) - sua Tetrapolaridade. Nesse caso, essa Alma involuirá, essa Alma deixará de ser uma Alma humana e passará a ser um Espírito daquela Esfera onde já passou tanto tempo. É a isso que se chama a Danação do Espírito!
Baphomet é o "centro" ou "parte inconsciente" de Saturno, rege as "massas", a humanidade e seus instintos, geralmente baixos... comer, beber, "meter", procriar, dormir, rir, chorar, se compadecer - ou ser piegas, escarnecer do sofrimento dos outros, desejar o mal alheio, invejar e cobiçar o que os outros tem, mas nem de longe se esforçar para conquistar, etc...
Rege as pessoas comuns, não más, mas também não especialmente boas aos olhos Divinos, pois que em nada contribuem de fato para a Sua Obra.
Muitos fizeram Pactos com Ele mas quer me parecer que não tenham obtido os melhores resultados, conforme inúmeros registros históricos...
Há muitos Ocultistas, entre famosos e desconhecidos, que fizeram Pactos com Baphomet, mas aparentemente não obtiveram o que desejavam: citaremos apenas um caso público e notório, o do Mago e escritor alemão Adolf Hemberger (* 04/11/1929 Odenwald, Alemanha - + 10/01/1992 Bad Homburg, Alemanha), um antigo integrante da Fraternitas Saturni, cujo heterônimo era "Dr. Klingsor", tendo como obra mais conhecida o livro "Experimental-Magie" (publicado em 1976 por Schikovsky Publishers, Berlin, Alemanha). Sendo um etilista crônico, diversos relatos informam ter ele se inteirado de estar acometido de cirrose hepática, quando então buscou a cura por meio de um Pacto com Baphomet, não tendo, entretanto, logrado êxito. Mais detalhes podem ser encontrados por toda Internet.
Diversas Ordens Mágicas e Sociedades Secretas elegeram Baphomet como seu patrono, só para se verem desprotegidas, bem como a seus membros, nos momentos quando essa proteção era mais necessária. Historicamente  várias dessas Associações de inspiração Saturniana que recorreram à Egrégora Baphomética como seu "protetor", assim como diversos de seus Mestres e integrantes, parecem terem padecido desses mesmos males, como pode ser confirmado por alguns relatos de ex-membros e de informantes por toda Internet.
Vide os Templários, para se ter um exemplo maior - Baphomet não os protegeu quando mais precisaram, e foram totalmente destruídos!
Lúcifer é a Oitava superior do Demiurgo, a "Estrela da Manhã", o Portador da Luz, quem trouxe a inteligência ao autômato, o "boneco de barro" criado por Adonai.
Desceu à Terra para ser o Imperador, para regê-la por determinação Divina, por ordem de Adonai, e não "caiu", como se interpretou erroneamente através de traduções equivocadas de textos antigos que se perpetuaram por tanto tempo!
O Imperator Lúcifer é um aliado e um servidor de Adonai (Deus) e nunca, jamais, seu opositor!
Faz aqui, na Terra, o que foi designado a fazer por Deus há muito tempo!
E o faz com soberba maestria!
Há quem com ele celebre um Pacto, e obtém o que deseja - Poder!
Mas há de saber usar esse Poder com muita responsabilidade e para o que for justo e correto, para ajudar a terminar a Obra de Deus, e não para satisfazer a meros caprichos! Usar de um grande Poder como Moisés o fez... senão...!!!
Ele rege o lado CERTO - e o que é certo? Vc pede e obtém, Vc dá e recebe, Vc faz para os outros e recebe na mesma moeda, Vc planta o Bem e colhe o Bem, Vc planta o Mal e colhe o Mal, tudo o que se fizer terá volta, seja boa, seja ruim...
Quem planta batata, colhe batata; quem planta chuchu, colhe chuchu... mas... quem panta vento, colhe tempestade!
O Poder vicia, cega, enebria, é perigoso! E pode destruir quem o detém e o usa mal, ou em demasia! Ninguém pode julgar-se plenipotenciário sob pena de auto-destruição imediata!
O célebre Presidente Norte-Americano Abraham Lincoln certa vez proferiu a seguinte frase, que se tornou famosa mundialmente: "Quase todos os homens são capazes de suportar adversidades, mas se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder."
Mas há também um Diabo...!
E há quem Pactue com "Ele"!
É o "Sombra" - a sombra de Deus, o vazio, a ausência da Divindade, as conchas sem vida, as esferas da Árvore da Vida sem vida, a Árvore da Morte, o vazio, a ausência de Luz...não é o Inimigo de Deus, pois isso não existe visto que Deus criou tudo quanto existe e não criou um Inimigo seu... é a ausência de Deus... um lugar onde não há Deus... na verdade, "lá" não há nem sombra de Deus...
Lá, nesse lugar vazio, o "vazio onde nada existe", chamado pelos padres radiestesistas franceses de "o vazio da fossa" ( o que equivaleria a um lugar como o nosso popular "quinto dos infernos"!), composto de diversas nuances de completa e complexa escuridão infinita e tenebrosa mas sempre ocupado por sombras do passado, cascarões do que se pensou e agiu, fantasmas dos que se foram mas permaneceram presos e atormentados permanentemente atormentando, medos com profundas raízes, sussurros arrepiantes, gritos de horror, a mescla do calor da fornalha que nunca se apaga com o frio do mármore mais gélido que se possa imaginar, esse lugar caótico repleto de ilusão e tormentos, uma verdadeira ilha de pesadelos  isso que se chama singularmente de Qliphah e no coletivo de Qliphot, que se pode traduzir do hebraico livremente como "concha vazia" e "Árvore da Morte" (em oposição à Cabalística, hieroglífica "Árvore da Vida" e suas Sephira no individual e Sephiroth no coletivo), que tem habitantes espirituais, Entidades ditas Qliphóticas, cuja manipulação e controle somente Iniciados nos Círculos do Poder podem intentar, ainda assim correndo riscos, tem um nome: INFERNO!
Mas TUDO e TODOS se CURVAM ao Nome Sagrado de ADONAI - e a nenhum outro!!!
ADONAI, a Tí me curvo, meu Senhor, humildemente!