segunda-feira, 12 de maio de 2008

Grimórium Imperium

Nota da Primeira Edição

Durante sua pobreza, no ano de 1606, o Grande Astrólogo Dr. JhonDee foi forçado a vender muitos de seus estimados livros. Um dos quevendeu era este, o maior e mais poderoso Grimório que contém osensinamentos para conjurar demônios mais ferozes do que os queSalomão aprisionou. Devemos advertir que o magista deve tomar muitocuidado ao ler este livro – deve ser lido dentro de um círculo efazer o sinal da cruz depois de cada página, se não os demônios decada altura e esfera serão atraídos indefinidamente.

INTRODUÇÃO
Por Jhon Dee

Este é o livro das conjurações e subjugações poderosas dosDemônios e dos Deuses que residem em lugares muito distantes. Lugaresque são após o norte e sul, leste e ocidente, em cima e embaixo, oslugares que são muito além da terra e dos planetas mais distantes,os lugares que estão longe da criação de Deus. Os segredos querevelarei, aprendi tarde em minha vida por volta de 1601 quandocomecei a traduzir um manuscrito que eu já possuía há muitos anos,mas não havia dado muita importância a ele. Não me importei muitocom ele porque me foi dado pelo mentiroso Barnabas Saul como forma depresente em prova de amizade, apesar das mentiras que havia me dito edecepções que me havia causado. Eu recebi o manuscrito de Saul em1581 e mantive-o em minha biblioteca por muitos anos e dá-lo-ia aqualquer um que me pedisse, ele pouco me importava – Oh, como soufeliz de não haver me desfeito deles, pois agora eu reconheço quãoimportante suas palavras são. Em 1601 eu fiquei curioso sobre o livroe quis saber se era realmente tão valioso quanto Saul me havia ditoantes de sairmos de viagem. No livro dizia que a autoria era de Abdul– al Hazred que havia aprendido muito da arte secreta daconjuração dos avatares e dos espíritos que encontrou viajando nodeserto. Quando eu realizei os rituais descritos neste livro, entãoeu realizei algo importante, pois eis aqui o livro mais poderoso jáescrito pelas mãos de um mortal. Mas eu advirto: Tenha cuidado! O livro prendeu-me. Tinha vontade dedevotar-me completamente à ele. Descobri que fiquei obcecado por ele.Todos os meus outros escritos pararam e todos os temas humanosperderam a importância para mim. Este desejo pelo livro me fezdevotar-lhe muitas de minhas horas acordado, e eu experimentei muitascoisas horríveis, mas eu encontrei também muitos segredos – osmais secretos. Meu desejo era ter mais tempo neste plano mortal paraestudar este livro, porque reconheço agora que contém a chave demuitos mistérios. Este livro atrai muitos demônios, mesmo agora eles estarãoprestando-lhe atenção, invisíveis. Eu recomendo que você reze parabani-los cada vez que vire uma página, se não você podeencontrar-se superado por eles o que significa irracionalidade,loucura e morte. Líber Primum Este é o livro da Lei e das Práticas dos Espíritos Adormecidos,escritas por mim, Abdul al-Hazred - o grande sacerdote e poeta. Com ossegredos deste livro, os espíritos das trevas, me forneceram muitasriquezas, em forma de dinheiro e de conhecimento, eu aprendi atémesmo o conhecimento incompreensível da divindade, tal é o seu poderque eu aprendi. E aprendi também dos espíritos antigos, que viveramantes do homem, e ainda vivem sonhando, que são muitos e terríveis.Eu estive face a face com um destes muitos espíritos, o qual meiniciou nesta magia poderosa. Uma manhã eu acordei e vi que o mundo havia mudado. O céu era maisescuro e nublado, com as vozes dos espíritos demoníacos. As floreshaviam sido estranguladas por eles. Então eu ouvi o chamado, gritandopor detrás dos montes. A voz gritando por mim enlouquecida me fezsuar, eu não pude simplesmente ignorar o chamado e decidiencontrar-me com a besta que me chamava gritando. Deixei minha casa efui para o deserto com as vozes todas ao meu redor. No deserto euvaguei sem qualquer coisa além da roupa que eu usava, suei durante odia e congelei-me durante a noite. Mas o chamado gritando-memanteve-me desperto. No terceiro dia, na décima oitava hora desse dia, o chamado parou.E apareceu diante de mim um homem. O homem era completamente negro, norosto e na roupa, e cumprimentou-me em minha língua e com meu nome. Ohomem disse-me seu nome e seu nome era Ebonor era um demônio. Ebonorera esse quem tinha me chamado gritando e eu não sabia ainda que eraum dos mais fracos demônios que causam tormentos, era um simplesmensageiro dos espíritos mais diabólicos chamados “EspíritosAntigos” que mesmo o Sacerdote mais poderoso de Deus não podecontrolar completamente. Este demônio deu-me o presente decompreender todas as línguas escritas ou faladas, do homem ou dabesta. É por isso que Abdul al-Hazred, pode ler documentos originaisque confundiram muitos mortais por muitas décadas. Mas eu tambémnunca tive paz, quando eu tento deitar para descansar ou dormir, euposso ouvir as criaturas em torno de mim que falam, posso ouvir ospássaros e insetos do deserto e o uivo do mais terrível de todos oscães que rosnam loucamente sobre a vinda dos Espíritos Antigos.(...)


Gostou desse livro?
Você pode adquirir a versão completa no seguinte link:
http://www.cursosdemagia.com.br/grimoriumimperium.htm

Um comentário:

marcio disse...

Giselle voçe ja realizou , as obras desse livro tao poderoso como eu vi os comentarios do autor,me cote como foi ,como os espiritos apareceram.