quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Significado dos Nomes dos Anjos


O texto abaixo é retirado do CD Magia Angelical

Aba – Um dos anjos que se evoca em rituais cabalísticos, controla a sexualidade no ser humano.

Ababaloi – Um dos anjos citados na magia cabalística e especialmente na magia Salomônica.

Abaddon – (O Destruidor) – No Livro das Revelações é o anjo ou estrela do abismo sem fundo que acorrenta Satanás por mil anos. Dizem que dói o anjo invocado por Moisés para enviar as terríveis chuvas que arrasaram o Egito. Algumas autoridades se referem à Abaddon como sendo um lugar e não um anjo. Este é o nome dado pelos judeus ao Deus Grego Appolyon. Em alguns livros apócrifos, como os atos de Tomás, Abaddon é considerado uma entidade demoníaca. Abaddon também foi identificado como o anjo escuro da Morte, como o demônio do abismo e como um dos demônios da hierarquia infernal em muitos casos denominado como o próprio Satanás.

Abadon – Segundo o Zohar, este nome é uma descrição das hierarquias infernais.

Abaddona – (O Arrependido) – um dos serafins rebeldes que se arrependeu do pecado contra Deus. Mas de acordo com a doutrina Cristã, os anjos caídos não podem arrepender-se, pois uma vez tenha pecado contra Deus sua essência está enraizada no mal.

Abagtha – Um dos anjos da confusão.

Abalim – (grandes anjos) – outro nome que se dá ao coro dos Erelim ou Tronos. As principais inteligências ou Príncipes regentes deste coro são Zafkiel e Jofiel.

Abariel – Um dos anjos regentes das mansões da Lua, a quem se invoca durante rituais mágicos lunares. Seu nome aparece escrito no segundo pantáculo da Lua, na Grande Clavícula de Salomão.

Abathur Muzania – Entre os Mandeus, este é o anjo da Estrela do Norte, rege a balança na qual a alma é pesada quando um ser humano morre. Também é conhecido como Abyatur.

Abbaton – Um dos nomes da morte e um dos espíritos guardiões das portas do inferno. Nas clavículas de Salomão é o nome de um dos anjos de Deus o qual se invoca durante a magia cerimonial para controlar os espíritos.

Abdals – (Os substitutos) – Este é um grupo de setenta espíritos, os quais asseguram a contínua existência do mundo de acordo com os muçulmanos. Somente Deus (Alá) conhece seus nomes secretos. Estes seres não são imortais e quando um deles morre, Deus cria outro para substituí-lo.

Abdia – (servidor) – um dos anjos que protegem o círculo mágico na magia salomônica.

Abdiel – (servidor de Deus) – O livro do anjo Raziel, escrito de acordo com a lenda pelo anjo deste nome, menciona Abdiel como um dos Anjos da Hierarquia Celestial. Em Paraíso Perdido, o poeta Milton apresenta Abidiel como um dos Serafins radiantes que recusou o poder de Satanás atacando-o e fazendo-o cair com o fio de sua espada. Abdiel é também conhecido como Abadiel.

Abdiziriel – Um dos grandes anjos que regem as vinte e oito mansões da Lua.

Abel - Um dos Anjos que regem o Quarto Céu a quem sempre se invoca no ponto leste do círculo mágico na magia cerimonial. De acordo com o Gnosticismo Abel é um dos doze poderes que julgam as almas quando chegam ao Céu.

Abelech – Segundo a Grande clavícula de Salomão, é um dos anjos que se evoca para subjugar os espíritos infernais durante rituais de magia negra.

Abezi – Thibod – Um dos príncipes infernais que regem o Egito, foi ele quem lutou com Moisés e endureceu o coração do Faraó contra ele. Entre os antigos Hebreus, Abezi era uma entidade infernal também identificado como Samael e Mastema. De acordo com os escritos de Salomão, Belzebuth é o pai de Abezi.

Abheiel – Outro dos anjos que regem as vinte e oito mansões da Lua.

Ablati – De acordo com o livro da Magia Cerimonial, esta é uma das quatro palavras que Deus disse a Moisés. As outras três formas Agla, Josta e Caila. Ablati é também um dos anjos que se invoca nos rituais do anjo uriel.

Abrasiel – É o anjo que rege a sétima hora do dia de acordo com o grimório Ars Paulina.
Abraxás – Segundo a cabala este é o príncipe dos Aeons. Entre os Gnósticos Abraxas ou Abraxis é o nome de Deus entre os persas e a origem das trezentos e sessenta e cinco emanações divinas identificadas com os dias do ano. A maior parte das autoridades judias o considera como uma entidade infernal. De Abraxás é derivada a fórmula mágica ABRACADABRA, a qual se usava nos tempos antigos para curar a febre e outras doenças.


Abrid – Na tradição judia é um dos “memumim”, ou anjos assistentes cujo nome se usa em amuletos contra olho gordo. Abrid é também o anjo do equinócio de verão.

Abriel – Um dos anjos que se usa nas evocações cabalísticas, o qual foi por um tempo membro do coro dos Domínios ou Dominações.

Abrigriel – Um dos anjos da transformação, o qual explica como os anjos ajudam a humanidade a levarem a cabo mudanças positivas para o futuro.

O CD Magia Angelical traz mais de 100 páginas de explicações sobre os nomes dos anjos.
Esta semana a Coleção Angelical ( Livro + 2 Cds ) está na promoção no site da E.I.E. aproveite!

CLIQUE AQUI   ou  acesse:
http://www.cursosdemagia.com.br/promo.htm

Nenhum comentário: