domingo, 29 de janeiro de 2012

Sobre Rituais de Prosperidade, pergunta de estudantes:

Sobre Rituais de Prosperidade, pergunta de estudantes:


Estudante: Referente aos pactos e rituais de prosperidade realizados pelo Grupo Caminhos da Tradição: 
Não estaria relacionado com magia negra, pois ao invés de cumprir a vontade divina estaria cumprindo a própria vontade da pessoa? 
Não estaria passando sobre a lei dos Senhores do Karma (Anúbis e seus 42 regentes) no qual julgam nosso destino e conforme nossa balança de boas e más ações nessa e em outras existências, julgam se teremos ou não uma vida com mais ou menos conforto?
Por qual razão que esse pacto está relacionado a magia branca e não está passando por cima da lei divina?


--------------------------------------------------------------------------
Francisco Marengo: E acaso a Vontade Divina não seria aquela que fosse a Verdadeira Vontade daqueles que de coração puro encontraram a verdade e o caminho para auto superação material?


Não deveriam estar mais preocupados os tais Senhores do Karma em medir os atos dos corruptos, os atos dos inescrupulosos, os atos dos assassinos, dos invejosos, dos criminosos, dos maledicentes ou dos pedófilos?


Não seria uma atitude fatalista e materialista achar que ao homem também não é dada a oportunidade de trabalhar com a totalidade dos mananciais cósmicos a disposição daqueles que alcançarem realmente essa compreensão?


Como se isso não bastasse, os mais diversos sistemas mágickos falam sobre a transmutação interior, e que uma vez atingida tal maestria, como por exemplo, no sistema de Alta Magia da Sagrada Magia de Abramelin é dito que é devido àquele que atingiu a maestria uma porção de benesses materiais suficientes para que não tenha mais preocupações e possa de fato cumprir a Grande Obra. E não poderia um Sábio rico ajudar muito mais que um pseudo sábio pobre?


Meu caro, você é o senhor do seu destino e o Poder Criador é nosso mantenedor, Ele é Aquele que nos proporciona a possibilidade de continuidade para a busca da Luz, do Conhecimento e da Compreensão.


Ter dinheiro não é ruim, ruim é não ter com que pagar as contas no fim do mês, ruim é não poder prover a família de suas necessidades mais básicas e imediatas e descobrir que energias contrárias estão atrasando o seu progresso.


Ruins são as injustiças sociais que limitam a capacidade de crescimento do ser humano chegando até mesmo a lançá-lo numa subvida. Nenhum homem vem à Terra para sofrer, se sofre é porque cria o seu próprio inferno. São suas limitações que impedem seu crescimento, seus medos e suas incertezas.


Normalmente o homem representa o Arcano do Louco, que carrega em sua algibeira todo o conhecimento que necessita e que está pronto para dar o próximo passo, mas como esse próximo passo pode representar uma queda rumo ao abismo até então desconhecido para ele, ele cria suas incertezas, ou se apega ao conformismo, ou mesmo aos seus preconceitos religiosos. Todos essas incertezas são como demônios interiores que lentamente devoram suas entranhas e que impedem o homem de sua superação e de atingir a totalidade do ser.


Mas, haverá àqueles que pelo contrário, darão o próximo passo. Sim, porque este caminho é feito para aqueles que tem a coragem de Saber, de Ousar, de Querer. E, como esse desejo deve partir de cada um, aquele que ousou também precisa Calar para que outros consigam por si próprio estabelecer suas prioridades, e finalmente tomar a decisão de dar o próximo passo sem medo de ser feliz.


Ou então, poderão recuar, continuando sua vida inspirada por falsos conceitos que somente embotam seu espírito escondendo sua luminosidade e sua capacidade de ser um iluminador também, por simplesmente preferirem ser como um Sol que esconde seu brilho atrás de uma montanha.
Se tens o coração puro em seus atos meu caro, esteja certo que eles estarão também sob os auspícios e bençãos de Adonai e do Poder Criador.


Lux et Sapientia!


Frater Magister

Nenhum comentário: